En

Contacte-nos

8 tipos de Marketing Influencers

Comunicação Digital | 28 Junho 2019 | Rafael Venâncio

Mas afinal o que é o marketing de influencers? Sabemos que está em voga e que veio para ficar, mas de que se trata? Em suma, é uma estratégia em que uma determinada marca utiliza personalidades conhecidas para atingir um determinado target. Os influencers tornam-se representantes da nossa marca – o “porta-voz” da nossa mensagem. É muito importante definir os objectivos da nossa estratégia e saber que influencers partilham os mesmos valores da nossa marca. Não convém investir num influencer que não nos dê retorno!

Afinal, quem é que anda a influenciar?

Existem vários tipos de influenciadores, neste artigo apresentamo-se te 8. Os nomes e categorias que estes têm são infindáveis. Estas 8 categorias são capazes de ser das mais consensuais na comunidade:

#1. “Hotshot”

#1. “Hotshots” Influencers

São as grandes celebridades, influencers que têm uma base de fãs muito alargada. Isso não significa, porém, que sejam o match perfeito para a nossa marca. Isto porquê? Estamos a falar de alguém que nos vai dar alcance, mas que fará uma abordagem mais genérica, que não vai “vestir a nossa camisola”, e para quem esta campanha pode ser apenas mais uma parceria. Este tipo de influenciador é bastante requisitado, porque tem um alcance enorme. O problema é que a sua grande audiência pode não ser exactamente o target da marca, ou seja, utilizadores que não partilham necessariamente dos mesmos valores. A mensagem final pode não ser tão “sentida” como pretendido. Este tipo de parceria é boa pela exposição, para alavancar a visibilidade de uma marca, mas provavelmente não trará conteúdo de uma enorme relevância para o target. O exemplo que me vem imediatamente à cabeça é o do Cristiano Ronaldo. Dá a cara (e voz) a imensas marcas, que assim recebem imensa exposição, mas o papel dele é apenas esse, expor. O objectivo principal não é gerar interação, é gerar buzz.

#2. “Perfect match

#2. “Perfect match” Influencers

Falamos de celebridades que têm alcance, interação e acrescentam valor à tua marca ou serviço. Têm valores semelhantes aos teus e acreditam no que estás a tentar comunicar, o que acaba por ser meio caminho andado para uma parceria de sucesso e relevante para o target. O problema, aqui, é serem muito requisitados e cobrarem valores muito altos. Um exemplo recente ocorreu  na comunidade gaming, em que Tyler “Ninja” Blevins deu a cara pela Red Bull.

#3. “Líder de Opinião”

#3. “Líderes de Opinião” Influencers

É alguém que tem uma comunidade muito coesa e que produz conteúdo bastante qualificado sobre a sua área. Os seus conteúdos podem não ter o maior alcance mas têm imensa relevância e, por isso, interacção. Temos os exemplos de Marquees Brownlee, nos Estados Unidos, e de Nuno Agonia, em Portugal. Estes fazem reviews a produtos tecnológicos e são vozes bastante respeitadas na área das tecnologias. É ideal para fazer um statement da qualidade ou relevância do nosso produto, uma vez que estes influencers acabam por ser selectivos no tipo de conteúdos que produzem e o seu feedback é bastante relevante na fase de decisão de compra. São reconhecidos e respeitados pelas suas comunidades, Líderes de Opinião das suas áreas de interesse.

#4. “Comunidade”

#4. “Comunidade” Influencers

É um grupo de influencers, uma Comunidade, que se foca em comunicar um tópico específico. Dedica todo o seu conteúdo a uma determinada área. Em Portugal (e no resto do mundo), temos o exemplo da crescente Comunidade de Beleza que tem vindo a ter – vários influencers a fazer conteúdos relevantes e úteis sobre determinado produto ou serviço, como tutoriais, reviews, vlogs, etc. Através deste tipo de influencers consegues ganhar notoriedade e ajudar a tua marca a estabelecer-se no mercado.

#5. “Pioneiro”

#5. "Pioneiro" Influencers

É aquele que se atira de cabeça às novas tendências, o chamado early adopter. São uma voz imponente na comunidade. A sua opinião é unanimemente aceite, tornando-se num ativo muito valioso para as marcas. É um influencer que gera uma enorme interação, toda a gente fica à espera para saber qual vai ser “the next big thing”! Estão receptivos a experimentar novos produtos ou serviços desde que vão ao encontro dos seus valores. Há que ter em conta que este tipo de influencers trabalha, na sua grande maioria, com tópicos em que acreditam ou pelos quais se interessam. Por isso, é importante seres seletivo com os influencers que contactas. Estes devem representar ou partilhar os mesmos valores da tua marca. É Ideal para marcas que se queiram associar a uma área específica do mercado. Damos-te como exemplo Casey Neistat, um YouTuber (e muito mais) que está sempre em cima das últimas tendências. Os seus vídeos e conteúdos são aguardados e ansiados por milhões.

#6. “The reporter

#6 "The Reporter" Influencer

É um influencer que está atento à atualidade e cobre um vasto leque de tópicos. Trata-se de uma fonte de informação para a comunidade e o seu conteúdo é facilmente aceite. São os primeiros a “cheirar sangue” e “alimentar” a comunidade. Têm imensas fontes mas sempre que possível tentam “beber” diretamente. São influencers que se preocupam muito com a veracidade dos seus conteúdos e, por isso, fazem investigações a fundo dos tópicos em que se focam. Os seus conteúdos têm muita interação e alcance, o que é ideal para marcas que queiram criar awareness sobre determinado tópico ou criar conteúdos mais analíticos e aprofundados. Temos o exemplo do Keemstar, que reporta a atualidade “drama”, com tópicos muito à volta de Influencers e Gaming. Está sempre em cima do acontecimento e reporta diariamente aos seus fãs.

#7. “Staff

#7 "Staff" Influencers

Falamos daqueles que dão efetivamente cara e voz a uma marca: os funcionários da empresa. Estes devem ser os “fãs nº1” da marca, porque se eles não acreditam no que estão a vender, dificilmente o restante público irá acreditar. Este tipo de influencers é óptimo para humanizar a marca e para divulgar os seus valores e cultura.

#8 “Pet Influencer

Se pensavas que os influencers só podiam ser pessoas, enganas-te! Um mercado que tem vindo a ganhar cada vez mais expressão é o dos Pet Influencers. Este tipo de influencers criam imenso engagement e têm muito alcance. Afinal de contas quem é que consegue resistir a um cãozinho ou gatinho querido? Falamos de animais com milhões de seguidores nas suas plataformas sociais. Temos o exemplo do Jiffpom e Lil Bub. Este tipo de influencers é ideal, sobretudo, para marcas que queiram aumentar o seu alcance. Não farão sentido para todo o tipo de negócios e estarás sempre limitado em termos de conteúdos porque estás a lidar com animais. Podes pensar em pequenas ativações de marca, posts ou conteúdos de vídeo que envolvam estes influencers.

Conclusões principais

Define bem uma estratégia e objectivos de comunicação; é importante perceberes o teu objectivo principal. Por exemplo, se o teu objectivo for alcance puro e duro, aposta num influencer “hotshot”! Se, por outro lado, queres humanizar a tua marca, aposta no “Staff”. Não apostes apenas nos nomes mais sonantes, aposta naqueles que vão gerar o resultado que pretendes. Diferentes influencers geram outcomes diferentes, é esta a lição principal.

Se quiseres estar a par das novidades do mundo do marketing digital e redes sociais, subscreve o nosso Auto-Rádio.

Partilhar:

Deixa o teu comentário:

Responde a este comentário