En

Contacte-nos

Como beneficiar das sondagens no Insta Stories

Gestão de redes sociais | 6 Outubro 2017 | Miguel Menaia

No passado dia 4 de Outubro o Instagram implementou, na sua plataforma, uma nova funcionalidade que está a dar que falar na internet: as sondagens no seu tab de Stories. Embora pareça invulgar, agora os utilizadores podem fazer perguntas e obter respostas dos seus seguidores através dos Insta Stories que publicam. Esta novidade surge depois da empresa ter implementado, também, outras ferramentas de edição de imagem, como podem ver aqui.

Ainda não se sabe qual será o impacto efectivo deste sticker (ou seja, não sabemos se os utilizadores vão aderir ou se irão achar interessante), mas podemos tecer algumas considerações sobre o assunto.

 

Utilizar as sondagens para marketing: sim ou não?

Para já, somos da opinião que as sondagens são bastante simples de fazer, e virtualmente estão disponíveis para todos os utilizadores do Instagram. Estas pools permitem que os nossos seguidores votem numa de duas respostas, sendo que ao final de 24 horas o post desaparece, assim como todos os posts que colocamos no Stories. E se alguns especialistas pensam que a possibilidade de saber quem votou no quê é má, outros julgam ser uma óptima ferramenta de trabalho.

Apesar da opção de sondagens não ser inédita nas redes sociais (Twitter e Facebook/Facebook Messenger já têm a feature), é um facto que se torna mais próxima no Insta Stories, onde o conteúdo é mais dinâmico, impessoal e menos “formatado”.

Falando de uma perspectiva de marketing digital, se for utilizada de forma criativa (com o dinamismo característico do Stories), a pool pode aproximar a marca do utilizador, bem como dar ao utilizador a ideia de que está a contribuir para algo importante.

Nesse sentido, as marcas podem beneficiar, e muito, das sondagens do Stories. Apresentar um novo conceito ao público, dar a escolher ao utilizador a cor de determinado produto, saber as suas intenções de compra, ou simplesmente aproximá-lo da marca fazendo perguntas criativas: esse pode ser o caminho a seguir para uma marca ser disruptiva digitalmente.

O exemplo da VAN 

A VAN começou a testar a potencialidade das pools a partir de hoje, Sexta-Feira (data da publicação deste artigo). O Stories que fizemos reflecte um lado mais divertido da nossa agência, onde diariamente se faz um exercício criativo interessante: desenhar algo no nosso quadro branco. Este “algo” não tem que ser necessariamente elaborado ou bem feito; contudo, ajuda-nos a construir linhas de pensamento e a ter ideias.

Com as sondagens, os utilziadores podem agora votar no seu desenho favorito, e com isto saber mais do que se passa nos “bastidores” da empresa.

Em suma, este conteúdo é leve mas, ao mesmo tempo, aproxima o utilizador da marca.

E é assim que julgamos que as Stories, com esta funcionalidade, devem funcionar.

Se quiseres estar a par das novidades do mundo do marketing digital e redes sociais, subscreve o nosso Auto-Rádio.

Partilhar:

Deixa o teu comentário:

Responde a este comentário