En

Contacte-nos

Consistência visual do perfil de Instagram

Gestão de redes sociais | 8 Junho 2018 | Jesse Viana

O Instagram é, sem sombra de dúvidas, uma das mais importantes redes sociais do momento – quer seja para business, quer seja para uso pessoal. Mas desde há muito que deixou de ser apenas um sítio onde se partilha fotos ou vídeos, e passou a ser o sítio onde se faz tudo. É a verdadeira meca da partilha de conteúdo visual, e onde vamos passando a maior parte do nosso dia.

É essencial, por isto mesmo, que a página esteja bem organizada, pois a grid é a primeira coisa que os consumidores e potenciais novos seguidores (da marca, quer seja pessoal, como influencers, quer seja de produto) vão ver, determinando o clique no botão de follow. Claro, isto sem que seja o amigo de longa data ou aquela pessoa que temos em comum com alguém.  É isto que separa a centena do milhar de seguidores – se não for um perfil bem cuidado, por que haveríamos de seguir?
Cada quadradinho importa, e a forma como estão dispostos ainda mais. É por isto que vos vamos dar dicas de quais as melhores formas de organizar o vosso perfil, assim como para encontrar a estética que melhor se enquadra na personalidade da vossa marca.  Prontos? Tudo a tomar notas.

 

DISPOSIÇÃO DOS QUADRADOS

 É a forma de organização mais básica, pois só se tem de pensar num quadrado de cada vez, não sendo preciso pensar no layout – é preciso, no entanto, ter atenção à palete de cores e de filtros que se pretenderá usar.

Idealmente, deverá oscilar-se entre duas cores, e usar sempre o mesmo filtro, de modo a dar consistência e uma sensação de layout limpo e revigorante.
É a partir da personalidade que se deverá escolher o tipo de grid, por isso é importante ter consciência e capacidade de auto-análise para saber qual a vossa. Por exemplo, perguntem-se: que cores descrevem melhor a minha marca? Qual é o meu nicho?

 

LAYOUT AXADREZADO

Nesta tipologia, os posts são alternados, por cor e por conteúdo, numa lógica “foto/quote/foto/quote” ou por, exemplo, cores opostas no background das fotos. É ideal no caso de se querer transmitir uma mensagem (inspiradora ou não). A coerência do texto e da sua fonte, assim como do background e da cor, são importantes para dar coerência, clareza e limpeza ao perfil.

 

LINHA HORIZONTAL

É dos mais interessantes: permite narrar uma história. Ao descer na página, os nossos olhos vêm da esquerda para a direita, como se estivessem a ler uma revista, por exemplo.
A lógica de disposição é de 3 em 3, sendo que os posts/imagens devem estar relacionadas entre si (cor, estilo, visual), assim como devem ter a mesma estética. No entanto, não precisa ser o mesmo objeto.

Aqui já é preciso um planeamento adiantado, pois as imagens têm de ser postas juntas.

LINHAS VERTICAIS

É muito popular, e confere um sentido de verticalidade: vão-se pondo citações com um fundo consistente, no meio do layout. Em alternativa, também se pode uma imagem, qualquer que seja, desde que mantenha a estética, fundo e cor – ou seja, o tema.

Outra opção é fazer com que as relacionem entre si, da esquerda para a direita. Faz com que a mensagem seja mais óbvia, e que as imagens se complementem. Naturalmente, os nossos olhos são atraídos para o centro, e isto incentiva o scroll down.

 

DIAGONAL

Aqui, as imagens são semelhantes e dispostas na diagonal. O truque é usar o mesmo tipo de foto, cor e filtro, e que tenham o mesmo formato.
Assim:

 

ARCO-ÍRIS

Está implícito, ao mesmo tempo que bem explícito: este é para quem adora cor. A lógica é as cores irem mudando ao longo do perfil, o que significa muito mais esforço e planeamento: a cada 3, 6 ou 9 fotos, a cor altera-se. Neste caso, e de forma a facilitar, deverá ter-se uma cor separadora, ou três imagens semelhantes que funcionem com o mesmo propósito.

Dica: transiciona sempre para a cor seguinte ao longo do layout, por exemplo do azul para o verde, ou do amarelo para o laranja. Para te guiares, segue a roda das cores.

Mais fácil ainda é se mudares de cor sempre que te apetecer. Sim, literalmente, uma mudança brusca. Sem aviso, sem te preocupares com nada. No caso de ser um perfil de marca com produtos sazonais, por exemplo, aproveita-se o esquema de arco-íris para mudar consoante a estação.

 

PUZZLE

Tal como o nome indica, trata-se de uma imagem que se divide em outras imagens. Esta grid é mais difícil de executar e de se manter, cada imagem terá de falar por si. O planeamento pode ser esporádico e ter 9/12 imagens, que vão formar uma maior. Uma conta de Instagram que serve de exemplo perfeito, é a da série The O.A.

É claro que isto vai provocar um excesso de publicações no feed dos seus seguidores, o que pode tornar-se um inconveniente e pode cansar. Mas, com a ajuda de um bom copy, que tal provocar quem o segue a aguardar pela “bigger picture” (pun intended!) e aguçar a curiosidade?  Wink, wink!

 

MAS NÃO TENS DE TE FICAR SÓ POR AQUI!

Não é obrigatório seguir o esquema que escolhes à risca e para todo o sempre. Podes misturar tudo! Durante uns meses um, durante uns meses outro, podes até mandar uma de freestyle. Só se vive uma vez, não é? Além disso, é “só” o Instagram, é suposto ser divertido e não um fardo pelo qual crias uma obcessão. Cuidado com isso!

Há outras formas criativas de ir variando conteúdos e estéticas, uma forma de estares sempre a inovar e de fazer com que a tua página ganhe vida Podes, por exemplo, escolher os cantos das fotos (por exemplo, consoante uma cor), é muito útil se quiseres publicar fotos diferentes e ainda assim manter coerência.  Ou também, outro exemplo, escolher o formato – as rectangulares são uma ótima opção: dão espaço, destaque e detalhes.

Então, ainda achas que ter uma página cuidada não é importante? Se ainda te restarem dúvidas, estamos aqui para te explicar melhor. Não só te vai trazer mais seguidores, como mais interação.
Enquanto marca, as pessoas, ao estarem a ver o teu perfil, vão querer ver o produto, maximizando o potencial social e, ao mesmo tempo, optimizando e dando identidade à tua marca.

Para que não te esqueças: coerência e consistência são as palavras de ordem, os pilares para um perfil cheio de personalidade, com o mood adequado e que vai de acordo com a tua audiência. Imaginando que a tua página é o teu currículo visual, tem de ter (e de dar) identidade, comunicar o que e quem és. O Instagram é, resuimindo, o teu business card.

Deixamos-te com a pergunta que serve como empurrãozinho para começares a dar forma ao teu perfil: que adjectivos usarias para descrever a tua marca?

Se quiseres estar a par das novidades do mundo do marketing digital e redes sociais, subscreve o nosso Auto-Rádio.

Partilhar:

Deixa o teu comentário:

Responde a este comentário