En

Contacte-nos

Ex-empregado afirma que Snapchat inflacionou estatísticas de crescimento

Notícias | 6 Janeiro 2017 | Miguel Menaia

Numa altura em que o Snapchat se prepara para se tornar cotado em bolsa, um antigo empregado da empresa afirma que os números de crescimento da app foram inflacionados para aumentar o seu valor de mercado.

Anthony Pompliano, que chegou a liderar a equipa de growth da empresa durante três semanas, apresentou um processo no Supremo Tribunal de Los Angeles na sequência do seu despedimento. A publicação Variety dá conta de que esta situação ocorreu depois do indivíduo ter recusado compactuar com os alegados esquemas fraudulentos do Snapchat.

Como se pode ler no processo, Pompliano salienta que a empresa o contratou com o intuito de obter informações confidenciais sobre o Facebook, empresa na qual trabalhara até Agosto de 2015.

“A direcção do Snapchat viu em Anthony Pompliano um obstáculo à sua entrada em bolsa porque este se recusou a ignorar as falsas declarações do Snapchat”, pode ler-se no processo.

O advogado de Pompliano, David Michaels, alega que o Snapchat tentou manchar a reputação do seu cliente. “É alarmante para uma empresa quando um empregado se vai embora ao fim de três semanas”, remata.

snapchat Evan Spiegel, CEO do Snapchat

Estatísticas podem sair do segredo de justiça; Snapchat desvaloriza o incidente

Embora muitas das métricas supostamente deturpadas estejam actualmente sob segredo de justiça, David Michaels disse que a informação retida está pendente de uma determinação sobre a sua confidencialidade, o que significa que esta informação pode eventualmente tornar-se pública.

A porta-voz do Snapchat, Mary Ritti, respondeu às acusações de Pompliano, dando pouca importância a todo o processo. “Analisámos a queixa e não tem qualquer valor. É totalmente inventada por um empregado descontente“, sublinha Ritti.

Saliente-se que, no último ano, o Snapchat perdeu parte dos seus utilizadores activos depois do Instagram ter lançado o InstaStories, funcionalidade semelhante àquela que tornava o Snapchat único. Desde o Verão de 2016, a empresa do fantasma branco tem estado, por isso, em guerra aberta com a empresa de Mark Zuckerberg.

A cópia do processo pode ser encontrada no Scribd.

Partilhar:

Deixa o teu comentário:

Responde a este comentário