En

Contacte-nos

Shadowban no Instagram – o “martelo da justiça”

Gestão de redes sociais | 12 Julho 2019 | Rafael Venâncio

Existem diversos e variados fatores que podem estar a bloquear o crescimento e o alcance da tua página de Instagram. O mais conhecido é o algoritmo do Instagram. Este gere o teu feed através da análise de alguns critérios. Critérios, estes, que podem ser os teus interesses, o feed cronológico, as páginas/utilizadores com que mais interajas, o tempo que passas no Instagram e até mesmo quem segues. No final, prevalecem os conteúdos com mais relevância e, só depois, se seguem os mais recentes. Estes fatores vão ser aqueles que vão moldar o feed de Instagram de cada seguidor à sua “imagem”.
Mas recentemente surgiu outro fator que interfere no engagement de conteúdos – o Shadowban. O termo já existe desde 2006, mas só começou a ser aplicado ao Instagram em 2017.

O que é o Shadowban no Instagram?

O Shadowban é um método de banir utilizadores, tornando os seus post visíveis apenas para eles próprios. Este “martelo da justiça” afeta sobretudo pessoas que tentam aumentar o seu alcance através da utilização de hashtags e localizações estratégicas. Mas não só. O objectivo desta ferramenta não é castigar o user casual mas sim os spammers e flammers, contas que utilizem bots e automações, utilizadores/páginas que utilizam hashtags não relevantes para a publicação e, a não esquecer, contas que criam conteúdos extremistas e de ódio. Consegues perceber se foste banido desta forma se fizeres um post e, ao pesquisares pelo hashtag utilizado, não encontrares o mesmo no feed. Se, por outro lado, conseguires encontrar a tua publicação, podes estar simplesmente a sofrer perda de alcance. Como é óbvio, estamos a falar de uma ferramenta, de um bot, que analisa milhões de páginas e que por vezes pune pessoas erradamente. É por isso muito importante tentares perceber qual o motivo da perda de alcance. Se for um erro, reporta-o, se forem más práticas tuas, corrige-as.

É importante não confundir o algoritmo do Instagram com o Shadowban! Ambos vão influenciar o teu alcance mas são coisas diferentes. O algoritmo vai basear-se nos dados de utilização dos utilizadores e o Shadowban vai analisar a utilização – correcta ou incorrecta –que um utilizador faz da rede.

Instagram Shadowban

Que cuidados deves ter para não seres banido?

Existem alguns cuidados que deves ter para passares no teste de rastreamento do Instagram:

-Não utilizar hashtags banidas

Tem atenção a que hashtags estás a utilizar. As hashtags banidas afetam a visibilidade de todas as publicações que as utilizem. Tags consideradas ofensivas (relacionadas com conteúdos extremistas, ódio, pornográfico, etc.) são banidas. Mas há que ter atenção que até tags aparentemente inofensivas podem ser banidas, quer por terem significados perigosos numa dada língua, quer por causa do tipo de conteúdos associado ao tag. Temos o exemplo de simples hashtags banidas como #brain, #alone e até mesmo #besties. É uma lista bastante grande, composta por hashtags mais óbvias e outras menos óbvias. Algumas estão banidas temporariamente, como é o caso dos exemplos acima mencionados, enquanto outras estão banidas permanentemente. Se quiseres analisar se o teu perfil usou alguma hashtag banida, experimenta utilizar sites como o Triberr ou o Instavast.

Instagram Shadowban

-Calma com o scroll

Se mudares radicalmente o teu comportamento no Instagram do nada, poderás levantar “suspeitas”. O que queremos dizer com isto? Se começares a gostar e comentar posts, seguir ou dar unfollow em massa, poderás ficar marcado. Este é um comportamento típico dos “bots”, e já sabes que o Shadowban não dá “abébias” a tudo quando pareça automação.

-Não Utilizar automações e bots (em comentários, seguidores e likes)

O Instagram é abertamente contra este tipo de ações automatizadas. Evita utilizar automatizações de comentários, compra de seguidores, like, follow e unfollow. Se do nada o teu perfil começar a fazer este tipo de ações em grande volume vais alarmar o Instagram e serás punido. Uma das formas do Instagram identificar este tipo de comportamentos é através do IP. Imagina que adquires o serviço de automação online e este está sediado nos EUA, o Instagram percebe que o teu IP não coincide e põe-te debaixo de olho. A não ser que tenhas inventado um portal de teletransporte, é impossível viajares em segundos para outro país. Caso estejas só a fazer follow for follow ou like for like, ou simplesmente decidiste seguir uma enorme quantidade de páginas novas num curto espaço de tempo tem atenção; o Instagram pode achar que usaste uma ferramenta de automação.

Instagram Shadowban

-Varia os hashtags que utilizas

Alguns utilizadores são banidos por utilizarem o mesmo hashtag durante um longo período. Muitas vezes apenas queres manter a consistência ou simplesmente aquele tag é relevante para a tua página mas o Instagram pode considerar spam. Por isso, um dos conselhos que vários users dão é para experimentares alguns hashtags diferentes, para ver se têm impacto na tua página.

O que podes fazer para reverter o shadowban?

#1 Não “ponhas pé” no Instagram!

Não faças qualquer ação no teu perfil de Instagram durante alguns dias. Isto porquê? Se deres uma de ghost, o Instagram pode “esquecer-se” da tua página e deixar de a rastrear. Não significa que te esqueça para sempre; a partir do momento em que voltares a gerar interação e tiveres alcance, ele vai lembrar-se de que existes. Desde que sigas as “normas” do Instagram, ele não te deve punir novamente com Shadowban.

#2 Não sejas “Spammer

Não, não te estamos a chamar spammer. O Instagram é que pode considerar-te um! Se fazes muitas publicações diariamente, tenta reduzir o número das mesmas, pelo menos até a situação ficar normalizada.

Instagram Shadowban

#3 Muda o teu perfil de Business para Pessoal

O Instagram é mais restritivo com contas comerciais, isto porque algumas contas utilizam a plataforma como “ponto de venda”. Experimenta mudar para perfil pessoal durante uns dias e depois podes voltar à conta comercial. Quanto ao facto de estas contas terem um cerco apertado não poderás fazer nada. Como têm a possibilidade de vender e lucrar na plataforma, serão sempre vigiadas com mais atenção. Os perfis comerciais têm funcionalidades específicas a que um perfil pessoal não tem acesso.

#4 Controla a acessibilidade de outras aplicações

Nunca te aconteceu fazeres download de uma app e ela pedir para aceder aos teus dados, contactos e etc? Pois bem, convém veres que apps estão a aceder à tua conta e impedir que continuem a fazê-lo. Algumas aplicações podem não ser seguras e intrusivas, alarmando os bots do Instagram.

Instagram Shadowban

#5 Não utilizes Hashtags, “fly low”

Com isto o Instagram estará menos propício a rastrear-te. Durante uns dias não utilizes hashtags e passarás mais despercebido. Vais ter menos alcance, mas é aconselhável que o faças até passar o banimento.

#6 Contacta o Instagram

Em última instância, tenta reportar o problema ao suporte do Instagram. Não é a opção mais viável mas não custa tentar! Poderás fazê-lo através da app, site ou até mesmo na página de Facebook do Instagram. A plataforma tem fama de ou não resolver nada ou responder a más horas. Mas sempre ficam com a situação reportada.

Instagram Shadowban

Principais Conclusões

Sê “humano” no Instagram, prima por conseguires engagement orgânico. Evita tudo o que sejam bots e automações.
Varia os hashtags e investe em bons conteúdos, que à partida sabes que vão ser relevantes para a tua comunidade.
Não copies os outros, tem cuidado com o tipo de conteúdos que replicas ou podes levar com o “martelo da justiça”.
Lembra-te sempre de que os atalhos podem ser tentadores e que podem gerar resultados ao início, mas que, se não estiverem em conformidade com as guidelines da plataforma, serão punidos.
Por fim, cria bons conteúdos numa base regular e sê paciente, mais cedo ou mais tarde serás recompensado.

Se quiseres estar a par das novidades do mundo do marketing digital e redes sociais, subscreve o nosso Auto-Rádio.

Partilhar:

Deixa o teu comentário:

Responde a este comentário