En

Contacte-nos

Web Summit 2016 em 10 fotografias

Comunicação Digital | 11 Novembro 2016 | Miguel Menaia

Embora já tenhamos feito aqui um report do que foi a nossa experiência no Web Summit, nunca é demais relembrar os melhores momentos deste conceituado evento de tecnologia e empreendorismo. Pela primeira vez fora da sua terra natal (Dublin, na Irlanda), o Web Summit contou com 53.056 visitantes de 166 países ao longo de quatro dias, segundo dados da organização. Destes 53 mil, estavam presentes 1300 investidores, 677 oradores e 2000 jornalistas, já para não mencionar as 1490 startups que passaram pelo Parque das Nações de dias 7 a 10 de Novembro. Cerca de 35.000 pessoas preencheram os 17 palcos disponíveis para os participantes que assistiram às palestras e sessões.

No que diz respeito às transmissões do evento via Facebook Live, estas registaram quatro milhões de vizualizações até  à conclusão deste artigo. Os directos através da rede social foram uma boa forma de difundir o evento para quem não conseguiu estar nele.

A VAN esteve no Web Summit numa perspectiva de aprendizagem e geração de ideias. Aqui ficam as melhores fotografias captadas por André Nobre (à excepção de duas), do blog NEETI @ Web Summit, do Instituto Superior Técnico.

1. Milhares de pessoas aguardam pela chegada do Web Summit a Lisboa

wp-image-1032310952jpg

Este evento movimentou milhares de pessoas pela cidade de Lisboa, que vieram de propósito ouvir palestras de vários empresários, como pudemos ver nos dados da introdução. Na foto, percebemos que as filas iniciais eram enormes, algo que se verificou, também, para além do dia de abertura. (Fotografia de André Nobre)

2. Paddy Cosgrave cumprimenta António Costa

wp-image-53028571jpg

Um dos fundadores do Web Summit, e um dos oradores-estrela deste evento, cumprimenta o Primeiro Ministro de Portugal, António Costa, aquando da sessão de abertura. Ambos falaram da importância da tecnologia no quotidiano, e das suas próprias noções de empreendorismo. (Fotografia de André Nobre)

3. Joseph Gordon-Levitt encerra o primeiro dia de Web Summit no Centre Stage

15007990_10207463299886695_1115180089_o

Joseph Gordon-Levitt deu a sua opinião sobre os poderes da tecnologia e a sua importância para a democracia e desenvolvimento do Mundo. Optimista, o actor e fundador da HitRecord acredita que estamos apenas no início da era dos computadores e da internet, e que as próximas gerações vão desenvolver brutalmente estes sistemas, usando-as para assegurar a democracia e trabalhar em conjunto. (Fotografia de André Nobre)

4. Mike Schorepfer fala sobre o que espera do Facebook para a próxima década

NEETI (c) André Nobre

O responsável tecnológico do Facebook, Mike Schorepfer, deu uma interessante conferência sobre os próximos dez anos da rede social mais popular do mundo. Abordou temas como a conectividade, a inteligência artificial e a realidade virtual, algo que tem vindo a ser evidenciado pela empresa de Mark Zuckerberg nos últimos tempos. (Fotografia de André Nobre)

5. Ronaldinho Gaúcho e Luís Figo discursam sobre o digital

finalday2-8

Ambos são craques do futebol mas, face à importância que o digital tem no nosso quotidiano, decidiram alargar a sua área de negócio a este este meio. Ronaldinho Gaúcho é investidor de sucesso em algumas startups, enquanto que Luís Figo detém uma plataforma de scouting chamada Dream Football. Esta app gratuita permite que jovens jogadores de todo o mundo façam upload de vídeos com as suas melhores jogadas, podendo posteriormente serem chamados por equipas de renome internacional. (Fotografia de André Nobre)

6. Alexis Ohanian dá uma conferência sobre o Reddit, “The Front Page of the Internet”

day2-18

O Reddit é um fenómeno da internet que perdura desde o ano de 2005. E Alexis Ohanian, muito embora não saiba explicar o sucesso desta espécie de rede social, está convencido que é a autencidade propocionada pelo site que está na origem do boom. Seja como for, o certo é que hoje o Reddit conseguiu conquistar e defender o seu espaço, afirmando-se de maneira descontraída como “a principal página da internet”, e onde muitos dos seus fenómenos começam.

7. Robot da Delta Q é uma das sensações da Web Summit

thumb

Um robot que nos acompanha e que nos oferece cafés parece algo futurista, mas não no Web Summit. Esta máquina de café, construída pela Delta Q, tornou-se uma das sensações da primeira edição realizada em Lisboa, ao seguir automaticamente o promotor da empresa que oferecia cafés ao público do evento.

8. Ne-Yo comenta o estado da música em plena era de streaming

day3-morning-23-676x451

Embora a sua “época de ouro” tenha sido há uns anos (estando agora um pouco afastado das luzes da ribalta), Ne-Yo, cantor norte-Americano, afirma-se como um newbie nesta era digital, mas garante que a indústria da música tem assistido ao mudar do seu paradigma. Hoje, na época do streaming, são muitos e novos os desafios para o sector, mas também enormes as suas novas oportunidades. (Fotografia de André Nobre)

9. Presidente da TAP faz considerações sobre empreendorismo

day3-morning-36

Bastante dedicado ao empreendorismo na sua área de negócio, David Neeleman, presidente da TAP, explicou que é urgente existir mais investimento, ao mesmo tempo que é necessário procurar preços acessíveis para o consumidor, sendo que ambas as realidades devem coexistir entre si. Segundo Neeleman, a base do sucesso de uma empresa está, também, no investimento em tecnologia, bem como na ligação entre esta e a marca propriamente dita. (Fotografia de André Nobre)

10. Kubo Robot vence o Pitch Competition promovido pelo Web Summit

A Kubo Robot desenvolveu uma espécie de jogo de tabuleiro que ajuda as crianças a aprenderem as bases da programação, tendo demorado 2 anos a desenvolver (com crianças e professores). A startup ganhou um dos prémios mais importantes deste evento, ficando com um financiamento de 100 mil euros por parte da empresa pública Portugal Ventures.

Muitos momentos ficaram de fora deste breve e parcial resumo, já que este evento tecnológico teve uma oferta bastante diversificada e com inúmeros acontecimentos em simultâneo. Acima de tudo, foi um encontro de profissionais da área tenclógica e digital, que conseguiram alargar as suas redes de contactos, obter feedback sobre o sector, debater novas ideias e, em alguns casos, realizar negócios.

Paddy Cosgrave fez um balanço muito positivo da experiência em Lisboa, que diz ter sido aposta ganha e uma das suas melhores decisões.  As suas considerações finais sobre o evento foram recolhidas pela Marketeer, aqui.

Partilhar:

Deixa o teu comentário:

Responde a este comentário